5 dicas para planejar aulas online durante a quarentena

Desinfecção das ruas contra o coronavírus
Como os materiais podem auxiliar a redução da proliferação do coronavírus
03/24/2020
A perspectiva de evolução do coronavírus no Brasil
A perspectiva de evolução da Covid-19 no Brasil
03/27/2020

5 dicas para planejar aulas online durante a quarentena

Durante a quarentena, todas as aulas serão online

Neste período de quarentena contra o Covid-19, muitas universidades no Brasil e no mundo começaram a dar aulas online, em substituição temporária às aulas presenciais. Para isso, professores e estudantes têm utilizado ferramentas como Zoom, Moodle ou Google Hangouts, por exemplo.

Você é professor e precisa de apoio para planejar suas aulas online?

Selecionamos, a seguir, cinco dicas importantes, inspiradas em propostas da revista Nature.

Trabalhe em parceria: peça feedback constante dos seus alunos. Veja o que está funcionando e o que pode ser melhorado, para que a experiência seja mais enriquecedora para todos. Não se esqueça de incluir exemplos para ilustrar a teoria que você está explicando.

Faça vídeos mais curtos: uma aula presencial de 2 ou 3 horas de duração pode ser reduzida a vídeos de 30 minutos, no máximo. Foque apenas no conteúdo que for mais importante.

Não ministre apenas aulas ao vivo: nem sempre a internet terá estabilidade e, assim, a plataforma de streaming pode falhar durante a transmissão ao vivo. Gravar vídeos pode ser uma ótima opção.

Mantenha contato com os estudantes: proponha testes, quizzes, trabalhos em grupo e peça que seus alunos assistam a videoaulas selecionadas. Essa estratégia segue a proposta da Sala de Aula Invertida, em que os alunos estudam com apoio de vídeos, se reúnem (online!) para resolver um problema ou debater um tema e, quando têm dúvidas, buscam a intermediação do professor.

Identifique os estudantes com mais dificuldade: nem todos os estudantes têm a mesma facilidade em aprender a distância. Alguns podem tirar notas baixas ou apresentar algum tipo de déficit de aprendizagem, especialmente no começo. É importante estar atento a esses alunos.

Metodologias ativas de ensino no planejamento de aulas online

Em geral, quando um professor escolhe uma metodologia ativa ensino para estruturar suas aulas, ele automaticamente planeja o conteúdo que será proposto na “pré-aula”. Em geral, são videoaulas e leitura de capítulos indicados.

Agora, neste momento em que 100% do conteúdo precisa ser ministrado de forma online, essas metodologias continuam sendo um importante apoio para o planejamento das aulas.

No vídeo a seguir, o professor e pedagogo Bruno Malheiros aborda o tema “Aplicação de Metodologias Ativas de Ensino em diferentes áreas de conhecimento”. Assista para entender melhor.

Estudo de caso na Universidade da Beira Interior (UBI), em Portugal

João da Providência, Professor Catedrático do departamento de Física da Universidade da Beira Interior (UBI), em Portugal, compartilhou conosco seu planejamento de aulas a distância.

  • Livro-texto base, que serve como fio condutor do curso: Física para Cientistas e Engenheiros – Mecânica, Oscilações e Ondas, Termodinâmica – Volume 1, de Tipler e Mosca.
  • Semanalmente, o professor indica aos alunos as páginas que devem estudar. Em paralelo, os estudantes assistem a videoaulas da matéria e resolvem problemas selecionados do livro-texto.
  • Para tirar dúvidas, o professor está permanentemente disponível com apoio da plataforma Moodle@UBI existente na universidade.

Conteúdo de apoio

Para apoiar as aulas a distância, o Grupo GEN disponibilizou uma série de cursos online gratuitos, incluindo Cálculos e Físicas, que podem ser utilizados no planejamento de aulas. Conheça aqui.

GEN Exatas
GEN Exatas
Editorial GEN Exatas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *