40% dos professores de Ensino Médio são formados em outras disciplinas

Estudante de Cálculo
Vai estudar Cálculo? Este post é para você!
02/07/2020
Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência
Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência
02/11/2020

40% dos professores de Ensino Médio são formados em outras disciplinas

Professor em sala de aula
Censo Escolar 2019 aponta problemas graves no Ensino Médio brasileiro

Atualmente, 40% dos professores do Ensino Médio brasileiro não são formados na disciplina que ensinam aos alunos. São docentes que se graduaram em outra área, não possuem licenciatura ou nem sequer têm um diploma universitário.

Os dados foram divulgados no Censo Escolar 2019, publicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Nas regiões do Nordeste e do Centro-Oeste, esse índice chega a 50%.

Em posts anteriores, especialistas da área de pedagogia exploraram o tema aqui no blog GEN Exatas, numa tentativa de entender por que tantos estudantes perderam o estímulo de se tornarem professores.

Formação de professores

A professora Valquíria Villas-Boas (Universidade de Caxias do Sul) escreveu um artigo sobre o mau desempenho do Brasil no Pisa. Leia o texto completo aqui.

Em uma análise um tanto quanto superficial, é certo que uma providência que precisaria ser tomada imediatamente seria de investir na formação dos professores.

Um esforço muito grande, mas possível, seria necessário para atrair os melhores alunos para os cursos de formação de professores e para sanar o déficit de formação de milhares de professores em serviço.

Devolver prestígio à profissão, aumentar os salários, investir na formação continuada e avaliações constantes atreladas à remuneração, podem ser algumas ações que, a médio-longo prazo, impactariam os resultados […]

Valorização de professores

O pedagogo Bruno Malheiros também opinou no artigo A formação de professores no Brasil.

A hipótese que me parece mais plausível é a falta de valorização dos professores no Brasil. Não me refiro aqui somente aos baixos salários – o que já afasta muitos candidatos, por si só – mas também ao status e ao prestígio da profissão, a falta de infraestrutura mínima para o trabalho em nossas escolas públicas, o excesso de alunos por turma, tornando o trabalho extremamente estressante e difícil.

A pesquisa do Inep indica ainda que 43% dos professores brasileiros de Ensino Médio dão aulas para 50 a 400 alunos, cumprem carga horária em dois turnos, em uma ou duas escolas (tanto no Ensino Fundamental quanto no Ensino Médio).

GEN Exatas
GEN Exatas
Editorial GEN Exatas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *