Cientista de Dados: uma carreira promissora da Inteligência Artificial

congresso de repente, professor online
Congresso virtual | De repente, professor online
06/15/2020
Exemplo de descarga elétrica
Proteção contra descargas atmosféricas
07/01/2020

Cientista de Dados: uma carreira promissora da Inteligência Artificial

cientista de dados

Estamos vivendo em um mundo baseado em dados, na Era do Big Data. A necessidade de entender e explorar o Big Data deu importância a área da ciência de dados.

A ciência de dados (Data Science) tem como objetivo adquirir, armazenar, analisar, gerenciar e visualizar os dados para que eles possam ser utilizados por empresas no suporte à tomadas de decisões. Isso será aplicado por meio de algoritmos e com o auxílio da Inteligência Artificial

O Cientista de Dados

Em 2019, a carreira de cientista de dados foi considerada a número 1 no ranking das melhores profissões, em pesquisa feita pela Glassdoor, um dos maiores sites de emprego e recrutamento do mundo. O ranking é baseado no salário médio, no índice de satisfação do trabalho e no número de vagas disponíveis. 

Os cientista de dados estão presentes tanto na academia científica como no mercado de trabalho. Estudantes de Pós-Graduação desenvolvem pesquisas em diversas áreas do conhecimento, no intuito de analisar os dados necessários para fornecer algum tipo de resposta. Podendo atuar como Cientista de Machine Learning. 

A demanda por cientista de dados também está em alta no Brasil, principalmente em São Paulo. As empresas estão percebendo que, para oferecer melhores serviços aos seus clientes, é necessário gerenciar a grande quantidade de dados. Para isso, o candidato deve oferecer conhecimentos sólidos em algumas áreas. 

O que as empresas esperam de um cientista de dados?

Apesar da grande oferta de empregos, existem poucos profissionais qualificados. Para seguir uma carreira como cientista de dados, as empresas esperam que os candidatos tenham as seguintes habilidades básicas: 

  • Programação: Python e R são as linguagens de programação mais utilizadas pelos cientistas de dados. A linguagem de programação ajuda no pré-processamento e manipulação dos dados. 
  • Estatística: a estatística descritiva e a teoria das probabilidades devem ser bem compreendidas entre os profissionais. É o momento onde se iniciar a análise dos dados. É a fase de conhecer e descrever um conjunto de dados. 
  • Machine Learning: os métodos de aprendizado de máquina é essencial para o desenvolvimento de modelos de previsão. Além de auxiliar uma empresa na tomada de decisão, também contribui para evitar riscos desconhecidos. 

A formação de um profissão em ciência de dados é algo recente. A maioria dos cientistas de dados tem formação em Matemática, Estatística, Ciência da Computação ou Engenharia. O mercado de trabalho para um cientista de dados é bastante promissor e exige profissionais qualificados. 


Selecionamos alguns livros fundamentais para você que deseja aprofundar seus estudos na área.

análise multivariada para análise de dados
indicação de leitura para cientista de dados
Marianna Novaes
Marianna Novaes
Marianna Novaes é Cientista de Dados, com expertise em Machine Learning, Análise e Visualização de Dados. Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *