Reabilitação predial
Boas práticas na recuperação de patologias em reabilitações
07/17/2020
loja da apple
Apple I e a revolução do computador pessoal
07/24/2020

5 erros mais comuns de um(a) programador(a)!

programador iniciante

Por Milena de Almeida Santos (@techsforwomen)

Mesmo com a crise que enfrentamos no país, o mercado de trabalho para os programadores continua se mantendo em alta. De acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), o mercado de tecnologia movimentou R$ 479 bilhões em 2018.

Se você enxerga na programação um caminho promissor para ingressar no mercado de trabalho, este artigo vai te ajudar bastante!

Selecionamos os 5 erros mais comuns de um programador iniciante. Preste bem atenção nas nossas dicas: são simples e farão a diferença na sua jornada como desenvolvedor.

O eterno nerd

Você é aquele tipo de pessoa que só estuda, mas nunca coloca a mão na massa? Ou que acha que, por estar fazendo junto com o professor, já está praticando? Então.. Tenho uma péssima notícia para te dar.

Botar a mão na massa não é assistir a uma videoaula ou fazer um exercício junto com o professor. Comece seus próprios projetos e ponha em prática tudo que você aprendeu nas horas de estudo. Os desafios são essenciais na vida de um programador.

Que tal construir o seu próprio site? Comece já, não espere as condições perfeitas, porque elas não existem!

Decorar o código

A prática com repetição faz o código fixar na sua mente. O segredo é a constância. Depois de um certo tempo de prática contínua, tudo se torna automático na sua cabeça. As pessoas que não fazem isso costumam não se lembrar de nada quando estudam sozinhos. Então, não tente decorar o código, pratique.

Ignorar os erros

Pode parecer controverso, mas o erro é uma das melhores formas de aprendizado. Quando um programador cai em um erro e lê com atenção, ele aprende como aquele erro pode ser solucionado e, se acontecer novamente, no futuro será fácil associar e lembrar como resolver. Não ignore os erros, sempre leia e interprete o que eles apontam.

Desistir na primeira frustração


Começar é o primeiro passo, não desistir é o segundo. Se você não colocar seus projetos em prática, um sentimento negativo vai invadir os seus pensamentos. A sensação é que, quanto mais você se aprofunda, menos entende. Normalmente, as pessoas com esse perfil decidem mudar de linguagem ou até mesmo de área. Saiba que você pode até tentar e errar, mas nunca desista de tentar.

Não se envolver em uma comunidade

Encontrar pessoas com o mesmo propósito e objetivo que você é essencial. Além de ajudar bastante, você vai criar um networking com pessoas que buscam as mesmas práticas.

O @techsforwomen é um exemplo de comunidade de tecnologia que fornece dicas e tutoriais de programação por meio das redes sociais, além de destacar a importância de várias mulheres dentro do ecossistema tecnológico, sempre buscando combater a disparidade de gênero no setor.

Logo Tech is for women

Gostou deste artigo? Então, comente qual erro você já cometeu e como conseguiu resolvê-lo de vez!

GEN Exatas
GEN Exatas
Editorial GEN Exatas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *