Construção 4.0: a revolução digital na construção civil

Hospital de campanha em Houston, nos EUA
Hospitais de campanha: o papel dos arquitetos na luta contra a Covid-19
05/08/2020
Metrologia e a importância da medição correta
05/20/2020

Construção 4.0: a revolução digital na construção civil

Engenheiros na Construção 4.0

Por Nina Fausto @techsforwomen

Atualmente, o mundo vive uma Quarta Revolução Industrial, que se manifesta na Indústria 4.0. Nesse cenário, há uma tendência da integralização entre máquinas e processos digitais.

O aumento da capacidade dos computadores e o grande volume de processos digitalizados fez com que essa indústria se tornasse possível.

A viabilidade da Indústria 4.0 acontece por meio de novas tecnologias como:

  • Internet das Coisas (IoT).
  • Inteligência Artificial.
  • Robótica.
  • Nanotecnologia.

São muitos os setores que já se renderam à Quarta Revolução Industrial. Entre as mais bem-sucedidas, estão as indústrias automobilística, aeronáutica e de petróleo e gás. 

Mas e a construção civil? Quais são as facilidades propostas pela Quarta Revolução Industrial para esse setor?

Indústria 4.0 na construção civil

A Indústria 4.0 surge como algo natural ao setor da construção civil, pois permite melhorar a produtividade, aumentar a segurança e garantir a competitividade dentro do setor.

O futuro da construção civil é digital

Muitos estudiosos chamam este momento de Construção 4.0.

Hardwares na Construção 4.0

No campo das tecnologias tangíveis, em que os hardwares são os grandes protagonistas, existem:

Drones

Monitoram canteiro de obras em áreas remotas ou altamente congestionadas. Além disso, fazem mapeamentos em 3D, que possibilitam a identificação em tempo real de riscos ou os atrasos na obra.

Trabalho com drone no canteiro de obras

Impressão 3D ou nanomateriais

Toma à frente na produção de materiais de construção, eliminando o desperdício de materiais e diminuindo o tempo de construção e o custo da obra.

Sensores vestíveis

Com o intuito de garantir ganho na segurança dos trabalhadores, esses sensores podem ser usados nos capacetes.

Há um aviso se houver algum impacto; ou os arreios controlam o número de pessoas numa estrutura, para que seja emitido um alerta em caso de queda súbita.

Softwares na Construção 4.0

Em relação aos softwares, é possível destacar algumas tecnologias.

Gestão móvel de projetos

Possibilita a comunicação entre canteiro e escritório otimizando o fluxo semanal de trabalho dos funcionários

BIM (Building Information Modeling ou Modelagem de Informações da Construção)

De acordo com a BuildingSMART (que é a organização mundial de desenvolvedoras de tecnologia para o setor da construção), essa tecnologia é a representação digital das caraterísticas físicas e funcionais de uma edificação, contendo todas as informações do ciclo de vida da construção. 

Para saber mais sobre BIM, conheça o livro Gerenciamento e Coordenação de Projetos BIM.

Desafios da Construção 4.0

Todas as inovações citadas anteriormente são disruptivas para o setor da construção civil. Mas, de acordo com um estudo da Harvard Business Review, esse é o segundo setor produtivo do país com mais dificuldade de incorporar inovações.

Diferentemente das outras indústrias, esse setor ainda tem a maioria de seus processos baseados em atividades artesanais.

Os grandes obstáculos impostos à Construção 4.0, principalmente no Brasil, começam na formação de profissionais capacitados que consigam caminhar com maestria pelo mundo digital. Esse caminho de digitalizar o negócio é longo e árduo, mas configura novos modelos de negócios e fluxos de valor.

É inevitável que as empresas se adequem à revolução digital, ou correm o sério risco de desaparecer. Além disso, esse cenário causa um impacto profundo no mercado de trabalho.

Mercado de trabalho

Um estudo do Senai detectou novas profissões na área de construção civil:

  • integrador de sistema de automação predial;
  • técnico de construção seca;
  • técnico em automação predial;
  • gestor de logística de canteiro de obras.
  • instalador de sistema de automação predial.
Surgimentos de novas profissões na Construção 4.0.

Por fim, podemos dizer que a Construção 4.0 é uma mudança na forma como as relações ocorrem no canteiro de obras. E essa mudança afeta diretamente a empregabilidade da população e a economia.

GEN Exatas
GEN Exatas
Editorial GEN Exatas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *