Gerenciamento e coordenação de projetos com BIM

Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência
Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência
02/11/2020
O que é ser engenheiro
Engenharia: qual habilitação escolher?
02/14/2020

Gerenciamento e coordenação de projetos com BIM

O uso do BIM no gerenciamento de projetos
Ao utilizar a metodologia BIM, é possível melhorar a produtividade e a efetividade na concepção e no planejamento de projetos em construção civil

Empreendimentos desenvolvidos por meio de processos BIM (Building Information Modeling) apresentam diferenças significativas em relação àqueles executados com uso dos softwares mais usados até hoje, seja algum tipo de CAD na concepção, sejam softwares de planejamento de obra ou para gestão de arquivos, sendo estes relativamente simples.

Os fluxos de informações, as etapas e seus respectivos produtos são diferentes no processo BIM e exigem ferramentas diferenciadas não apenas para a concepção, mas para todas as demais atividades necessárias para o desenvolvimento do projeto, em especial as voltadas à comunicação.

Desse modo, o gerenciamento e a coordenação desses projetos exigem uma profunda alteração nos seus métodos e nas suas ferramentas, bem como novos conhecimentos sobre o processo BIM, seus produtos e os aplicativos mais usados para a gestão do empreendimento.

Imagem 3D de estrutura de metal em projeto feito com BIM
Imagem 3D de modelo BIM para construção de uma estrutura de metal.

Por que adotar o BIM?

Estudos internacionais comprovam que há muitos anos indústria da construção vem apresentando uma queda na produtividade do trabalho, em particular se comparada com as demais indústrias manufatureiras.

O BIM é a base para um sistema integrado de concepção, produção e uso na construção, ou seja, é o caminho para o setor alcançar patamares de produtividade mais elevados e, por extensão, rentabilidade, que sejam comparáveis aos demais setores da economia.

Nessa ótica, há fatores externos à construção que direcionam para a adoção desta inovação.

Por reformular por completo o processo de projeto e apresentar como resultados novos produtos que, por sua vez, geram novas oportunidades e modelos de negócios, o BIM se caracteriza como uma inovação tecnológica disruptiva ou radical.

Isso significa que sua implantação depende de uma reestruturação da organização que o adotar, num impacto que se estenda entre todos seus parceiros.

Como adotar com segurança

Sendo uma reestruturação profunda, é natural que existam receios para adoção do BIM. Mas a implantação não deve ocorrer como um tsunami que revire a empresa dos pés à cabeça.

Ao contrário, deve ser cuidadosamente planejada para que não cause prejuízos nem leve à perda de oportunidade de adoção de um novo processo muito mais produtivo que o CAD.

BIM no Brasil

A pequena (ainda) difusão do BIM no Brasil tem ensejado diversos casos de insucesso na implantação de processos BIM na organização.

Em grande parte, isso se deve ao desconhecimento dos gerentes e diretores de projetos das necessidades específicas desse novo processo de projeto.

Dessa forma, há uma abordagem equivocada sobre como implantar o BIM, muitas vezes acreditando que é um “produto de prateleira” ou apenas outro tipo de serviço a ser contratado.

Na verdade, implantar o BIM e usufruir plenamente de seus benefícios exige uma profunda reestruturação da organização, seja uma construtora que se limita a coordenar os projetos, seja um escritório de projetos que é responsável pelo seu desenvolvimento.

Etapas do BIM

O BIM tem etapas, os denominados níveis de maturidade, e deve ser implantado de modo paulatino em uma organização.

Além disso, o BIM depende de tecnologia, recursos, procedimento e, fundamentalmente, de pessoas.

Articular essas quatro dimensões em torno da visão de processo BIM é um desafio que passa prioritariamente pela capacitação da equipe e pela consolidação de seu conhecimento em boas práticas e procedimentos bem definidos.

Para entender melhor sobre BIM, indicamos a leitura do livro Gerenciamento e Coordenação de Projetos BIM, de Sérgio Leusin.

Livro sobre gerenciamento de projetos com BIM, de Sergio Leusin
GEN Exatas
GEN Exatas
Editorial GEN Exatas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *