Inteligência Artificial e análise de dados para prevenir o Coronavírus

MEC não tem feito visitas de avaliação às universidades
#OPINIÃO MEC, cadê as visitas às faculdades?
02/27/2020
6º Cloud Girls Rio de Janeiro
#Evento 6° Cloud Girls Rio de Janeiro
03/02/2020

Inteligência Artificial e análise de dados para prevenir o Coronavírus

A inteligência artificial pode apoiar a descoberta de mais casos de coronavírus

No último dia 26 de fevereiro, o Ministério da Saúde confirmou o primeiro caso de um brasileiro infeccionado com o Coronavírus (COVID-19). Trata-se de um morador de São Paulo, que visitou a Itália no período de 9 a 21 de fevereiro deste ano. A partir desse momento, o paciente deve permanecer em isolamento respiratório para que o vírus não se espalhe. 

O novo vírus surgiu em Wuhan, China, em dezembro de 2019, desencadeando uma emergência de saúde global. O COVID-19 está causando medo em todo o mundo.

E como a Inteligência Artificial e a análise de dados podem ser usadas para combater o surto? 

Ferramenta para prevenir o Coronavírus

Ferramentas de análise preditiva usam dados para prever determinado cenário e identificar uma tendência. Elas se tornaram essenciais para combater surtos de doenças, como o coronavírus.

Em dezembro de 2019, uma startup canadense de IA, a BlueDot, alertou sobre o surto de coronavírus. O comunicado aconteceu antes mesmo da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O BlueDot desenvolve sistemas inteligentes que filtram dados sobre pessoas para determinar as chances de ocorrência de doenças. A plataforma de IA da BlueDot está entre os mais recentes avanços tecnológicos, usando análise de dados para mapear e prevenir doenças.

Processamento de Linguagem Natural

O Processamento de Linguagem Natural (PNL) é uma subárea da IA usada pela BlueDot para rastrear doenças. Em resumo, o PNL consiste em um campo de estudo que permite que uma máquina compreenda a linguagem humana (linguagem natural).

Por exemplo, a BlueDot analisa idiomas humanos em todo o mundo e usa as informações para ajudá-los a prever surtos de doenças. 

O aprendizado de máquina é outra tecnologia usada pela BlueDot com os algoritmos que oferecem informações atualizadas sobre possíveis ocorrências de doenças.

Painel de Controle do Coronavírus

Existe um painel de controle, desenvolvido pela Universidade Johns Hopkins, que exibe em tempo real estatísticas sobre mortes e casos confirmados de Coronavírus em todo o mundo. No momento de publicação desse artigo, o painel mostra o Brasil o primeiro caso confirmado.

A análise de dados tem permitido o rastreamento de casos de coronavírus pelo mundo.

Esse sistema de informação geográfica utiliza técnicas de Mineração de Dados (Data mining) para detectar áreas em que as pessoas estão falando sobre a doença. Por sua vez, mineração de dados é o processo de explorar grandes quantidades de dados à procura de padrões consistentes.

Graças à essas ferramentas de IA, os profissionais da saúde têm acesso às informações sobre medidas de prevenção, capacitando-o na segurança do paciente. O tempo de resposta da prevenção é mais rápido, além de possibilitar economia de recursos. 

Gostou? Para complementar, sugerimos também a leitura do livro Inteligência Artificial – Uma Abordagem de Aprendizado de Máquina.


Marianna Novaes
Marianna Novaes
Marianna Novaes é Cientista de Dados, com expertise em Machine Learning, Análise e Visualização de Dados. Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *